Não há progresso sem União

01-05-2013 00:00

 

Precisamos compreender definitivamente que não existem crescimento e progresso humano sem união. Enquanto estivermos disputando uns com os outros a propriedade absoluta da Verdade, estaremos prorrogando a aquisição de um estado social de Paz e Harmonia coletiva.
Porém, para que haja união, é necessário que se compreenda o conceito de Unificação, que é algo que ainda traz bastante confusão entre as pessoas. Notamos que existe ainda um receio em relação a isto, pois tem-se interpretado erroneamente que unificar é ter que abrir mão das próprias verdades e crenças pessoais em torno de uma única visão sintética. 
 
Definitivamente “unificar” não é criar homogeneidade, adoção de uma só visão e verdade com a abolição sucessiva das próprias convicções e afinidades religiosas individuais. Unificar é estabelecer um estado de unidade, onde existe a união de princípios divergentes que são atraídos entre si pela legitimidade de interesses em comum, e não pela similaridade das formas de pensar e agir.
 
Unificar é sinônimo de Evolução e Progresso. Nas teorias espiritualistas, religiosas e evolucionistas temos um princípio em comum: “Tudo parte de Criação, que é o TODO, Deus, ou O Divino, em suas conceituações diversas”. Isto é uma verdade postulada tanto pela Ciência quanto pelas Religiões. Ora, se tudo parte de um princípio UNO pulverizado em múltiplas unidades, então torna-se verdadeiro e lógico que qualquer unidade isolada do saber humano, seja de qualquer segmento religioso, científico, filosófico, artístico, político ou social, será uma visão parcial e particular da Grande Verdade. E quando não distorcidas por preconceitos e absolutismos, serão aquelas que pelo próprio movimento de recondução ao centro, ou de redirecionamento ao ponto central de sua própria origem, deverão se reaproximar e se fundir novamente, de Unidades-Síntese em Unidades-Síntese, até que se chegue à Unidade Maior que é o próprio “DEUS” Criador.
 
Dentro desta visão de reorganização unificada, devemos também compreender que uma Unidade-Síntese não agrega em si conceitos que se fundem num só princípio diretor, pois isto seria involuir pelo domínio e a imposição, o que é próprio do estado de primitivismo moral e espiritual do homem. Cada Unidade-Síntese deve funcionar dentro de uma visão de “organismo”, onde cada agrupamento particular tem sua função, propriedade e valor, estando harmonicamente contida dentro de uma afinada sinfonia de engrenagens funcionais. Assim como o corpo humano, onde cada célula, órgão, glândula e sistemas têm funções e papéis importantes a desempenhar para a saúde da Unidade cósmica do nosso próprio corpo, também as pequenas unidades sociais que vão se formando, dentro desta mesma visão de “organismo”, poderão passar a descobrir a imensa vantagem que obterão se trabalharem unidas, em parceria, para que a grande Unidade-Síntese humana passe a funcionar em harmonia. 
 
Unificar é o caminho da Evolução. Só existem dois percursos possíveis: um é o da pulverização e o da separação, que conduzem para baixo, para os pequenos limites do Ego Humano onde reinam o egoísmo e os interesses pessoais, que é o caminho da involução, da barbárie, do primitivo, ou daquilo que chamamos de Mal. Outro caminho é aquele que nos leva pra cima, aquele em que há união e reintegração em unidades cada vez maiores até o TODO, onde se progride da dissolução dos limites ilusórios do Ego para a falta de limites do próprio EU. É o que chamamos de Bem. 
É justamente este sentido e conceito de Unidade que fundamenta o evento “Unifica-ação”. Na lógica de todo este processo criador, de involução X evolução, da partição múltipla para uma nova reunião em unidades maiores, existe a constatação de que é absolutamente impossível isolar do TODO qualquer fenômeno ou qualquer uma de suas partes, mesmo que estas pareçam muito afastadas, diferentes ou divergentes umas das outras. Vivemos num Universo UNO, num imenso e complexo organismo cósmico, e precisamos entender que não existe separação ou isolamento de qualquer uma de suas partes. Promover este esclarecimento, dissolver preconceitos e absolutismos, promover a União e a parceira, são as propostas oferecidas pelo “Unifica-ação”, de forma a auxiliar o despertar espiritual da humanidade, fundamental para que criemos a partir de agora uma visão mais clara dos objetivos da própria criação, tanto para nós indivíduos  como  para  o TODO.
 
Cristina Lessa Cereja
 

—————

Voltar


Contactos

Cris Cereja

Consultório:
Rua Ernesto Basílio, 45 Sl.301
Nova Friburgo - Rio de Janeiro